O que é o Dropshipping?

Com o crescimento das lojas online e associado a muitos empreendedores que criam os seus próprios negócios, cresce também a necessidade de armazenamento e escoação de stock. Se no caso de uma loja física, por muito que o produto fosse exclusivo, existe sempre a necessidade de ter algo exposto na loja, mesmo que o produto nunca tivesse procura ou venda, no caso das lojas online, existe uma forma de não ter de comprar stock e ao mesmo tempo, não correr o risco de investir em algo que pode não ser traduzido em vendas.

Este método tem o nome de dropshipping.

O seguinte artigo tem como objectivo, explicar de forma simples o que é o dropshipping, vantagens e desvantagens e como o pode usar no seu negócio.

O que é o Dropshipping?

O dropshipping é um método de venda onde uma loja não tem os produtos que vende em stock. Em vez disso, quando uma loja vende um produto, ele compra o produto a um terceiro e envia diretamente ao cliente. Como resultado, o comerciante nunca vê ou manuseia o produto e nunca controla fisicamente, a sua chegada ao cliente final.

A grande diferença entre o dropshipping e o modelo padrão (comprar stock) é que o comerciante ou empreendedor que vende não tem stock ou possuí stock em loja e armazém. Em vez disso, o comerciante compra o inventário, conforme necessário a um terceiro – geralmente um fabricante – para atender aos pedidos da sua loja física e online.

Fonte: https://www.youtube.com/watch?v=xnf0VebbPqA

Vantagens do Dropshipping

– Capital necessário – Provavelmente a maior vantagem do Dropshipping é que é possível lançar uma loja de comércio eletrônico sem ter de investir milhares em stock antecipadamente.  Com o modelo de Dropshipping, não é preciso comprar um produto, a menos que já tenha feito a venda e tenha sido pago pelo cliente. Sem grandes investimentos iniciais em stock, é possível iniciar um negócio bem-sucedido de dropshipping com pouquíssimo dinheiro.

– Fácil de começar – Executar um negócio de comércio eletrónico é muito mais fácil quando não é necessário lidar com produtos físicos. Com o dropshipping, não é necessário:

  • Embalar e enviar pedidos de clientes;
  • Rastreamento de stock;
  • Manipular e gerir Devoluções e Entregas;
  • Encomenda contínua de produtos e gestão do nível de stock;
  • Baixo custo – as despesas gerais são bastante baixas. À medida que o negócio cresce, estas despesas provavelmente aumentarão, mas continuarão baixas em comparação com as tradicionais empresas com stock;

– Localização flexível – Um negócio de dropshipping pode ser executado a partir de praticamente qualquer lugar com uma conexão à Internet. Sendo possível em que se pode comunicar facilmente com fornecedores e clientes, é possível executar e gerir de forma simples.

– Ampla seleção de produtos – Como não é necessário pré-comprar os produtos de venda, é possível oferecer uma variedade de produtos para os clientes.

– Fácil de escalar – Com um negócio tradicional, se receber três vezes mais negócios, normalmente terá três vezes mais trabalho. Ao alavancar os fornecedores de dropshipping, a maior parte do trabalho para processar pedidos adicionais será suportada pelos fornecedores, permitindo que expanda com menos dores de crescimento e menos trabalho incremental. O crescimento das vendas sempre trará trabalho adicional – especialmente relacionado ao atendimento ao cliente -, mas os negócios que utilizam a escala de dropshipping são particularmente bons em relação às empresas tradicionais de comércio eletrónico.

Todos esses benefícios tornam o dropshipping um modelo muito atraente para os comerciantes mas infelizmente o dropshipping não é tudo um mar de rosas. Toda essa conveniência e flexibilidade tem um preço.

Desvantagens do Dropshipping

– Margens Baixas – As margens baixas são a maior desvantagem de operar em um nicho de dropshipping altamente competitivo. Sendo fácil de começar – e os custos indiretos são mínimos – muitos comerciantes vão fazer compras e vender os produtos a preços baixos numa tentativa de aumentar a receita. O investimento em começar o negócio é baixo, sendo possível operar em margens mínimas de lucro;

– Problemas de inventário – Se fizer registo de todo o inventário, é relativamente simples controlar quais os produtos que estão dentro e fora de stock. Mas quando compra de vários armazéns, que também estão atendendo a pedidos de outras lojas, as mudanças de stock ocorrem diariamente. Embora existam maneiras de sincronizar melhor o inventário da loja com os fornecedores, essas soluções nem sempre funcionam perfeitamente, e os fornecedores nem sempre suportam a tecnologia necessária;

– Complexidades de envio – Se você trabalha com vários fornecedores, os produtos no site serão fornecidos por meio de vários remetentes de entrega diferentes. Isso complica os custos de envio. Por exemplo, um cliente que faça um pedido para três produtos, todos disponíveis em fornecedores separados. Terá três cobranças de envio separadas para enviar ao cliente, mas provavelmente não é aconselhável passar essa cobrança para o cliente, pois serão três portes a pagar. E mesmo que queira passar essas taxas, automatizar esses cálculos pode ser difícil;

– Erros no fornecedor – Ser culpado por algo que não tem culpa, mas ter que aceitar a responsabilidade pelo erro ocorre muito frequentemente. Mesmo os melhores fornecedores de dropshipping cometem erros ao cumprir ordens entregas – erros pelos quais precisa de assumir a responsabilidade e pedir desculpas. Nos fornecedores medíocres e de baixa qualidade, causarão infindáveis ​​frustrações, remessas mal-acabadas e problemas de supply chain, que podem prejudicar a reputação de sua empresa.

Os principais elementos do sucesso no negócio de Dropshipping

Com tanta coisa a considerar, é fácil ficar sobrecarregado e perder a noção do que é realmente importante. Desta forma, criamos uma lista dos elementos mais cruciais para o sucesso do negócio. Se conseguir executá-los com sucesso, poderá errar muitas outras coisas e ainda terá grandes hipóteses de sucesso.

1. Adicione Valor

Ter um plano sólido de como pode agregar valor aos seus clientes é o fator de sucesso mais crucial no negócio. Isso é importante para todas as empresas, mas muito mais no mundo do dropshipping, onde estará competindo com legiões de outras lojas semelhantes, carregando produtos similares.

Com o dropshipping, é fácil pensar que está vendendo um produto para os clientes. Mas os pequenos comerciantes bem-sucedidos entendem que não é apenas o produto que oferecem – eles vendem insights, informações e soluções. 

2. Foco em Marketing e SEO

Um fator-chave de sucesso é conseguir direcionar o tráfego para o site e loja online. Isto é particularmente crucial durante os primeiros 6 a 12 meses, quando ninguém conhece o negócio. Após o lançamento do site, precisa de dedicar pelo menos 75% do seu tempo em marketing, SEO e geração de tráfego por pelo menos durante 4 a 6 meses! Uma vez que  tenha estabelecido uma sólida base de marketing, poderá reduzir um pouco o seu trabalho. 

3. Especialize-se num mercado

Uma boa parte de lojas de dropshipping de sucesso que encontramos, tem uma coisa em comum: são especializadas num determinado produto ou nicho. Quanto mais as lojas se especializam, mais elas tendem a ser bem sucedidas.

Muitos empreendedores e gestores acham que restringir o seu foco, limita a base potencial de clientes e lhes custará vendas. A especialização permite que comunique mais efetivamente com os seus clientes, destaque mais facilmente da concorrência e concorra com um campo menor de concorrência. 

Se está lançando uma loja em um novo nicho, provavelmente não saberá em qual segmento se deve concentrar. Mas conforme vai ganhando experiência com os seus clientes, deve identificar o segmento que é mais lucrativo e que permite que adicione valor. Em seguida, tente posicionar a sua marca para se concentrar exclusivamente nas necessidades e problemas desses clientes. 

Lembre-se: a especialização torna mais fácil a diferenciação, cobrar um preço premium e concentrar o trabalho de marketing de maneira mais eficaz.

4. Ter uma perspectiva de longo prazo

Para construir um negócio de dropshipping é preciso um nível significativo de comprometimento e investimento ao longo do tempo. No entanto, por alguma razão, as pessoas assumem que podem construir um lucro passivo com o dropshipping, após alguns meses de trabalho. Mas não é assim que funciona.

É necessário pelo menos um ano para construir um negócio que dê lucro e também é importante entender que os primeiros meses são os mais difíceis. Vão surgir dificuldades com dúvidas, problemas com o site e provavelmente terá um lançamento que gere zero de vendas.

Se estiver preparado mentalmente para um começo desafiador e não esperar ficar rico da noite para o dia, terá mais hipóteses de manter o seu negócio até que se torne um sucesso!

5. Oferecer um serviço excepcional

A Internet sempre foi um lugar bastante transparente, mas a ascensão dos social media, torna a reputação comercial ainda mais importante para seu sucesso online. Se não trata bem os seus clientes, eles usam os meios digitais para informar o seu desagrado e pode trazer problemas em angariar mais clientes.

Ter clientes satisfeitos é o melhor marketing que pode fazer. Como é verdade em todas as empresas, é muito mais fácil fazer uma venda para um cliente satisfeito do que tentar convencer um novo cliente a comprar. Se você trata bem os seus clientes, é provável que eles divulguem e indiquem os outros. Com um serviço de alto nível, pode criar um negócio em que os clientes repetidos gerem grande parte de sua receita. Tornar o atendimento ao cliente é uma prioridade para que seu negócio de dropshipping seja bem-sucedido!

6. Não fique preso nos detalhes

Não se concentre muito nos detalhes. O nome da sua empresa, logótipo ou serviço de e-mail marketing não vai determinar o seu sucesso.

O que torna um negócio bem sucedido são as coisas como: agregar valor, marketing, excelente atendimento ao cliente, especialização e um compromisso de longo prazo. Tome uma decisão informada, mas não deixe que pequenas decisões paralisem o seu negócio.

Vale a pena investir em Dropshipping?

O modelo tem algumas vantagens, mas vem com uma série de complexidades e problemas que precisará de resolver.

O passo mais importante é realmente começar a construir o seu negócio! Essa é a coisa mais difícil para a maioria das pessoas e geralmente é resultado de medo e incerteza. É um equívoco comum que os empreendedores de sucesso tenham certezas sobre os seus negócios desde o seu lançamento. No entanto, eles avançaram com seu os planos, apesar dessas dúvidas.

Estude, pesquise, avalie as suas opções e avance com essas informações, apesar de seus medos e reservas. É o que os empreendedores fazem e conseguem os seus sonhos e objectivos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.